CSA x Sport: Saiba como assistir ao jogo AO VIVO na TV e online

Sport encara o CSA, na Copa do Nordeste

O elenco do Sport chegou em Maceió para o confronto diante do CSA, nesta terça-feira (21), às 21h35, pelas quartas de final da Copa do Nordeste. O leão realizou o último treinamento antes da partida no Centro de Treinamento (CT) do CRB, encerrando os preparativos para o jogo que vale vaga na semifinal da competição. A novidade entre os relacionados é o volante Pedro Naressi, que se recuperou de um desconforto muscular, volta a ficar disponível para o técnico Gilmar Dal Pozzo.

Porém, a tendência é de que o atleta siga sem ser utilizado pelo treinador, por conta do período longe dos gramados. Por outro lado, o rubro-negro pernambucano segue com a ausência de dois jogadores, como são os casos de Rodrigão e Lucas Hernandez, ambos na transição física. Com isso, o técnico Gilmar Dal Pozzo deve manter a base que venceu a equipe do Floresta, na última partida.

ONDE ASSISTIR NA TV E ON-LINE:

Todos os jogos Nordestão são transmitidos pelos canais oficiais da Copa do Nordeste. Inicialmente, na TV aberta, a disputa acontece e pode ser assistida pelo SBT Nordeste e suas afiliadas locais. Na TV fechada, a detentora dos direitos é a Disney e seus canais de esportes como ESPN, ESPN+, FOX SPORTS e agora o STAR+, serviço de STREAMING.

Ficha técnica:

Local: Rei Pelé, Maceió-AL.

Horário: 21h35.

Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa.

Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva.

CSA: Marcelo Carné, Igor, Wellington, Werley e Ernandes; Geovane, Gabriel e Yann Rolim; Osvaldo, Marco Túlio e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Mozart.

Sport: Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino, Sander; William Oliveira, Bruno Matias, Denner (Blás Cáceres); Luciano Juba, Jáderson (Ray Vanegas) e Búfalo. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Pré-jogo entre CSA x Sport pela Copa do Nordeste 2022

Desde a saída do técnico Gustavo Florentín, Sport melhora e tem aproveitamento de 86%

Apesar de não ter conquistado a permanência na Série A com o Sport, Gustavo Florentín conseguiu melhorar o desempenho da equipe e trazer esperança de um ano de 2022 bom para o leão. No entanto, a formação de boa parte do elenco e o encaixe desses jogadores passaram longe de agradar dentro de campo. O resultado veio com derrotas e tropeços em jogos pelo Pernambucano e a Copa do Nordeste, passando longe de apresentar um futebol convincente.

Porém, o pior de todos foi a quarta eliminação consecutiva na Copa do Brasil, dessa vez para o Altos. O que resultou na perda de uma receita de R$ 750 mil por participar da fase seguinte. A eliminação custou caro e a consequência foi a demissão do treinador, que já não agradava a diretoria. Desde então, o Sport vem de uma crescente. Após a saída de Florentín, o Leão passou a ter um aproveitamento de 86,66% nos pontos conquistados. Nesse período, cinco jogos foram realizados, sendo quatro vitórias e um empate.

A equipe rubro-negra ainda não foi derrotada sem Florentín, mesmo passando nas mãos do auxiliar César Lucena em três partidas. Com César, o Sport venceu o Bahia e o Náutico, e empatou com o Salgueiro. Já com o novo técnico Gilmar Dal Pozzo, são duas vitórias consecutivas, contra Íbis e Floresta. Na mão de Dal Pozzo, além dos placares mais elásticos, a atuação da equipe ao longo dos 90 minutos também está chamando a atenção.

É notório a organização tática dos jogadores e uma evolução muito grande no setor ofensivo, destacando as recentes apresentações de Búfalo e Ray Vanegas, indicações de Florentín e que não estavam agradando, responsáveis por sete dos últimos nove gols da equipe.

“Os jogadores entenderam a ideia, meus conceitos e eu procurei, nesses dias, ficar na concentração no CT do Sport para me dedicar 100% nas questões táticas. É isso que vai fazer a diferença. Uma equipe organizada dentro de campo”, destacou Dal Pozzo.