BOMBA! CBF faz limpa em comissão de arbitragem, confira detalhes; Sport observa mudanças

Sport de olho nas mudanças na CBF

Sport de olho! A Comissão de Arbitragem da CBF demitiu nesta segunda-feira, nove pessoas que faziam parte do departamento. Entre elas, um dos nomes mais antigos da estrutura, Sérgio Corrêa, responsável pelo VAR. Também foram dispensados Manoel Serapião, responsável pela análise da arbitragem, e coronel Marinho, ouvidor.

Além deles, saíram: Cláudio Cerdeira, José Mocellin, Nilson Monção, Almir Alves de Mello (responsável por cortes de vídeo do VAR), Marta Magalhães (psicóloga) e Érika Krauss (logística). As mudanças foram anunciadas ao grupo no meio da manhã, diretamente pelo recém-empossado presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme.

Permaneceram nos cargos: Alicio Pena Júnior, nomeado interino por Ednaldo Rodrigues após a saída de Leonardo Gaciba, no ano passado, Giuliano Bozano e Édson Resende, que continua como corregedor. Corrêa estava na CBF havia 16 anos. Entrou em 2006 e no ano seguinte assumiu a presidência da Comissão Nacional, ficando até 2012.

De 2012 até 2014 se ausentou da presidência, passando a ser diretor do departamento de arbitragem. De 2014 até 2016 foi novamente presidente. De 2016 até hoje, permanecia na entidade, mais recentemente responsável pela implantação do VAR. Em contato com a reportagem, disse que entendeu a sua dispensa:

“Entendo e concordo que a arbitragem precisava da oxigenação. Claro que gostaria de continuar contribuindo, mas como fui presidente por quase uma década, compreendo, apoio e torcerei pelo projeto que gosto muito. (Seneme) Foi muito claro que o projeto até o momento foi bem elaborado, mas era necessário um passo adiante. Sai uma geração dos 60 anos e entra a dos 40, 50 anos”, afirmou.

Coletiva de Gilmar Dal Pozzo (Criciúma x Sport)

Joia da base que vale 30 milhões de euros, retorna ao Sport e projeta próximos desafios em sua segunda passagem

De volta ao Sport, após acertar novo vínculo com o clube pelas próximas três temporadas, Juan Xavier quer se tornar mais um dos tantos craques que brilharam na Ilha do Retiro. Com uma multa no valor de trinta milhões de euros, o meia-atacante destaca os planos que possui para essa que é a sua segunda passagem pelo time de Recife.

“Tenho muito orgulho de estar vestindo essa camisa novamente, me sinto privilegiado por poder estar tendo mais uma oportunidade em um clube tão grande como esse. Eu venho me preparando todos os dias para que possa voltar ao meu 100%, pois estou com muita vontade de vencer e preparado pra qualquer coisa”, afirmou.

Juan chamou atenção com a camisa do Sport no Brasileirão sub-20 disputado no ano passado. Na ocasião, o jovem se destacou no time de juniores ao marcar um gol e conceder outras três assistências. Diante desta boa participação, Juan Xavier frequentou o elenco profissional e permaneceu como opção do time principal em algumas oportunidades na última temporada feita pela agremiação da Ilha do Retiro.

Para reconquistar o seu espaço, o jovem foca agora nas participações iniciais do Sport tanto no Pernambucano sub-20 como no campeonato nacional desta mesma categoria. Competições essas, na visão do jogador, de grande importância neste início de segunda passagem pelo clube.

“Serão duas competições importantes que eu terei pela frente, então espero poder fazer um grande trabalho e quem sabe ter oportunidades maiores ainda esse ano”, contou o jogador. O Campeonato Brasileiro de Aspirantes tem previsão para começar em maio.