Certou ou errado? Conselho Deliberativo do Sport vai debater uso da Arena em jogos com público acima de 25 mil

Arena de Pernambuco - Sport

O Conselho Deliberativo do Sport debaterá o uso da Arena de Pernambuco em jogos com expectativa de público acima de 25 mil torcedores – a Ilha do Retiro tem capacidade atual de 26.345. A pauta se apresentou após requerimento do ex-presidente do Conselho e do Executivo, Pedro Leonardo Lacerda. A reunião está marcada para 19h desta terça-feira (9), com segunda chamada para 19h30.

No requerimento, Pedro Leonardo Lacerda argumenta que a Ilha do Retiro está com “dificuldades imensuráveis para acolher jogos com alta demanda de público em suas dependências”. O ex-dirigente também cita a final da Copa do Nordeste como exemplo. As outras argumentações que embasam o requerimento são referentes ao estado do gramado, que sofre quando há fortes chuvas no Recife, ao acesso à Ilha, com deslocamento ou acessibilidade reduzida, e também ao fato de o estádio, atualmente, não proporcionar uma experiência diferenciada.

“Proponho que o Conselho aprove a indicação ao Executivo de um estudo para que cada partida com expectativa de público acima de 25 mil seja feita uma análise por parte do Executivo se chama o jogo para Ilha ou Arena. Naturalmente, nesse sentimento externo de quem não está no dia a dia do clube, em que pese as dificuldades de acesso à Arena, seria mais confortável para os torcedores e geraria mais receita para o clube”, disse Pedro Leonardo Lacerda ao NE45.

Na atual temporada, o Sport disputou 17 jogos como mandante, sendo 16 na Ilha do Retiro, onde venceu todas. No único duelo que não mandou na Ilha, contra o Santa Cruz na Arena de Pernambuco, o Rubro-negro empatou por 0 x 0.

BASTIDORES DE SPORT 2×0 GUARANI