Após longo tempo fora, Rafael Thyere busca melhor entrosamento com elenco do Sport

Foto: Anderson Stevens/ Sport Club do Recife

A temporada de Rafael Thyere pelo Sport é marcada pela estabilidade. O bom desempenho do zagueiro fez com que o jogador não perdesse a posição de capitão e titular. O jogador, contudo, busca melhorar o entrosamento com a equipe rubro-negra, que teve modificações recentes.

“Tivemos muitas mudanças no setor, isso influencia totalmente. Falando individualmente, sei que quando a gente volta (de uma lesão) é muito complicado. A gente sente muito e, depois de um jogo, tem o cansaço muscular, vem toda essa dificuldade”, conta.

Após a recuperação, o zagueiro voltou a defender o Leão como titular e capitão na partida contra o Grêmio, fora de casa. Fez intervenções importantes e, no clássico contra o Náutico, carregou a braçadeira até o fim da partida.

“Eu sabia que ia enfrentar isso, falando de forma individual. Estou buscando melhorar a parte física e técnica para voltar ao nível que eu sei que posso atuar”, completou.

O atleta avaliou, ainda, o entrosamento da equipe após a chegada dos reforços ao time e falou sobre os esforços para voltar ao nível em que estava atuando no começo do Brasileirão Série B.

“Falando do conjunto, acho que é uma questão de ajustes. São atletas novos, que eu particularmente não tinha atuado ainda e que estou jogando junto. O importante mesmo é a gente focar, estar sempre junto e buscar evoluir, para que o meu desempenho possa melhorar e eu possa continuar ajudando o Sport”, finalizou.

COLETIVA DE CLAUDINEI OLIVEIRA (SPORT x NÁUTICO)

STJD define punição para clube da Série B por cânticos discriminatórios contra árbitra Edina Alves; Sport observa

Sport de olho! A 3ª Comissão Disciplinar do STJD julgou na manhã desta quarta-feira, o processo 3199, que envolvia o CRB. Denunciado por cânticos discriminatórios da torcida contra a árbitra Edina Alves, no jogo diante do Criciúma, pela 26ª rodada da Série B, o clube alagoano multado em R$ 10 mil.

O CRB foi julgado com base no artigo 243-G, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O clube também foi denunciado no artigo 213, inciso III, por arremessos de objetos contra os jogadores do Criciúma, e multado em R$ 3 mil. Totalizando R$ 13 mil.

Advogado de defesa, Osvaldo Sestário sustentou que o CRB fez um Boletim de Ocorrência referente ao arremesso de objetos no gramado e tem elaborado e divulgado campanhas no combate a qualquer tipo de discriminação e preconceito.

O CRB é o 11º colocado do Brasileiro, com 40 pontos, e entra em campo no próximo sábado para enfrentar o Ituano, às 18h30, no Estádio Novelli Júnior. O clube também corria risco de perder pontos.